#DESABAFO: Jabás

O que é jabá?

1. Propaganda oportunista que se faz sobre algum produto ou serviço comercial de forma espontânea, mas em momento inadequado.

2. Pagamento que se faz a alguém que possui um meio de comunicação para que execute sua “obra”.

3. Exposição na mídia em troca de dinheiro.

4. Jabaculê, também conhecido como jabá. Não se sabe exatamente a origem do termo ou quando ele passou a ser amplamente usado no meio. Uma das versões seria a que um jornalista, apaixonado pela culinária nordestina, ao receber uma certa quantia para divulgar uma dupla de cantores, teria exclamado na presença de alguns colegas, “O jabá do almoço de hoje está garantido”. Dali em diante, esses colegas passaram a utilizar a palavra com o sentido que tem hoje nos meios de comunicação.

Enfim, resumindo, jabá é quando alguém recebe dinheiro para divulgar, falar bem e promover um produto ou uma marca.

Os blogs de moda viraram um importante canal de comunicação no espaço digital. Devido ao grande sucesso, influência e visibilidade de algumas blogueiras, a publicidade nesse meio se tornou inevitável. Várias empresas divulgam sua marca, seus produtos através de banners ou dos famosos publipost.

Mas aí é que ta… Acompanhando alguns blogs/sites na internet vejo a todo o momento a crítica em cima dos famosos “jabás” e ficava me questionando o porquê de tanto “auê”. Depois de ler a matéria publicada pela Revista Galileu – “Há algo de podre no reino dos blogs de moda e beleza”, resolvi escrever esse desabafo.

Imagem: Revista Galileu

Algumas blogueiras usam sua influência para ludibriar leitoras “inocentes” que acompanham seu blog e seguem suas “dicas”… É isso mesmo, DICAS, muitos desses jabás estão disfarçados de dicas, como se a blogueira fosse super bacana e estivesse aconselhando a leitora a usar um produto que ela usa e adora. Mas não é nada disso, essas dicas são muito bem pagas e muitas vezes as blogueiras nem sequer conhece ou usaram o tal produto.

Quem acompanha a Blogueira Shame, já deve ter visto vários furos dessas blogueiras, como por exemplo, “falar mal” de uma determinada marca ou produto e meses depois elogiar e falar que é o melhor do mundo e que ela super indica. Um exemplo foi o bafafá que aconteceu da marca Melissa – A Revista Galileu explica: “O fabricante levou duas blogueiras de grande audiência na web para conferir a inauguração de uma loja do produto em Nova York. Nos blogs, as duas só falavam coisas positivas sobre a marca. Não imaginavam que algumas colecionadoras e fãs incondicionais alertariam todo mundo que as blogueiras não usavam o calçado e que uma delas já havia até o chamado de “porcaria”.”

Na matéria da Revista Galileu titia fala: “Se uma blogueira na qual uma leitora confia e admira disser que tal batom ‘é a coisa mais linda’, ela compra o produto no mesmo dia, sem saber que isso foi pago e que não é necessariamente uma opinião sincera. As leitoras são totalmente manipuláveis”.

Acho que cada um tem o direito de divulgar e promover o que bem entender ainda mais se tiver ganhando pra isso – maravilha! Mas enganar as pessoas, dando dicas de algo que você nem gosta ou nem usa, aí já é demais! Publipost disfarçado de “dica de amiga”, me poupe!

Além de ser ridículo é ilegal e pega super mal para a própria blogueira, que perde sua credibilidade com as leitoras e com os anunciantes.

Mas que fique claro, nem toda blogueira que dá dica de algo está fazendo jabá, existem muitas que realmente dão dicas e expõe sua opinião sincera sobre o produto, sem ganhar nada por isso. Esse desabafo é para que todas nós possamos observar melhor “quem é quem” nesse universo fashion. E não acreditar em tudo que nos é oferecido e promovido nos blogs de moda.

Ninguém aqui é contra publicidade, não vou ser hipócrita a tal ponto, mas divulgue, promova, indique, o que você gosta o que usa… Sem mais!

Anúncios

5 comentários sobre “#DESABAFO: Jabás

  1. Ainda bem que você fez esse desabafo, pois isso eu já havia percebido a algum tempo, mas achei que fosse apenas implicância, portanto concordo plenamente que existe falsidade até numa “propaganda”. Aff….esse mundo ta perdido mesmo!!!!!!!!!

  2. não acho errado fazer jabá (afinal, propaganda existe pra ser feita) desde que de uma forma honesta. o jabá ganhou um impressão ruim devido as proprias blogueiras que (não sei pq) não sinalizam os posts pagos. qual o problema? escrever “publicidade” não vai fazer as pessoas não levem ou não comprarem…

    1. Pois é, mais aí é que tá.. não hã mal nenhum em fazer publicidade… O problema é fazer propaganda de algo qu você não gosta, não usa e que até já falou mal… só pq estão te pagando.. isso vai contra a própria pessoa, sem contar que é ridiculo!

      1. infelizmente dinheiro fala mais alto pra algumas, e elas acham que nós temos memória curta….mas depois do blogueira shame NADA fica esquecido hahahaha
        ei, você deve ter ficado sabendo do bafafa que deu os posts da Thassia e Rudge com peles verdadeiras…o seu próximo desabafo podia ser a respeito disso, afinal, é um assunto seríssimo que a gente só se lembra quando vê alguém usando….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s