Entrevista: Roni Vieira – parte 2

Na parte 1 da entrevista ficamos sabendo um pouco mais sobre como funciona o trabalho de Roni Vieira. Já na parte 2, vamos saber quais os pedidos e desejos feitos pelos clientes e que é mais solicitado na produção de uma big party.

Qual a maior extravagância que um cliente já realizou? Em festas MUITO especiais como as que criamos é muito comum pequenas extravagâncias, mas duas me marcaram… Uma grande festa de aniversário em que o anfitrião serviu Dom Perignon e Blue Label a noite todinha e uma debutante no Mato Grosso que trocou de roupa 6 vezes, TODOS de estilistas internacionais.

E quando o cliente impõe algo que você não concorda? Como você reage? Na medida do possível eu sempre absorvo a idéia do cliente. Meu trabalho é transformar em realidade o sonho que o acompanha e por mais absurdo que seja sempre vai ficar sutil, chique, moderno ou no mínimo excêntrico. Mas também, todo excentrismo tem seu charme. Para mim, o que importa é a satisfação de quem me contrata. O “nosso” envolvimento com os sonhos e vontades do cliente é total!!!

As festas temáticas ainda são muito requisitadas? Quais os temas mais pedidos? Festas temáticas SEMPRE serão pedidas. Ou então, quando não há um tema, SEMPRE há um conceito, uma diretriz, um “fio condutor”, para que todos os itens da festa direcionem para o mesmo lugar. Nada precisa combinar entre si, porém tem que haver harmonia entre tudo. Acho que o fato de ter um tema, a festa sempre fica personalizada, com a cara e o estilo do anfitrião. Já é divertida por si só… A pesquisa é sempre árdua, mas o resultado é impagável. O tema mais pedido ainda é Hollywood para os aniversários de 15 anos e tem também aqueles temas que são pedidos por estarem na moda como o Hip Hop, a Indiana, os baseados em filmes campeões de audiência, enfim…

Nos casamentos sempre criamos o conceito que pode ser:

  • O Orgânico: Que é o uso de muitos materiais naturais, como madeira, flores, plantas e frutas (que na minha opinião é o que está IN no momento).
  • As festas CLEAN: Que são aqueles projetos completamente simétricos, de linhas bem definidas, sem rebuscamento (muito se fala sobre o clean e confunde-se o clean com o pobre, o econômico, o baratinho e não é nada disso…).
  • As festas Românticas: Que são aquelas com flores delicadas, toalhas clarinhas, tudo muito sutil.

E também pode haver um tema para as festas de casamento, como já fizemos baseada na Costa Amalfitana com arvores imensas com limões Sicilianos, listras, abajures e para um casal de Sertanejos que queriam aliar as “tradições” do casamento com a rotina diária dos dois, o resultado foi um Cowntry Chic com paredes revestidas de feno, linho rústico nas toalhas, porta guardanapos com amarrações de corda… Aqui nós ADORAMOS tema!!!

Qual foi a festa mais cara que você já organizou? Já tivemos casamentos aqui que chegaram a 800 mil reais e aniversário de 15 anos que chegaram a  600 mil reais. Nestes casos entram as deliciosas “excentricidades”…

Quais as características dos festeiros de hoje? São quatro as características principais neste novo cliente: Pessoas muito conscientes do valor do dinheiro, seguros nas escolhas, com muito pouco tempo pra se dedicar a criação e desenvolvimento da festa e muito, muito prático!!! Gente decidida, eu acho CHIQUE!!

Quem festeja mais: emergentes ou tradicionais? Os novos ricos festejam muito mais. Com festas grandes e com repercussão social. Acho até que é uma forma de celebrar a vida. Uma forma de agradecer a sorte. Acho DEMAIS. Os tradicionais recebem em casa, com discrição em Petit Comite!!! Mas quando se trata de festas especialíssimas como casamentos e festas de 15 anos todos comemoram igual, com pompa, suntuosidade, glamour, luxo e tudo que se tem direito, porque casar um filho(a) ou debutar uma filha é uma sensação impagável. E é pra tudo isso que eu estou aqui…

Uma festa perfeita, dos seus sonhos?! Tenho três festas de sonhos, que é um casamento na hora do almoço no maior  estilo Garden Party, com mulheres chiquérrimas usando chapéus, cheio de tulipas amarelas, champagne e ostras frescas. Também um casamento em uma Vinícola super romântica na Toscana e por ultimo um casamento na Grécia com aquele mar azulzinho como testemunha maior…

7 comentários sobre “Entrevista: Roni Vieira – parte 2

  1. Nossa, eu quero ele pra mim! Hahahaha…gostaria muito de conhecê-lo! Ele com certeza é ótimo no que faz!Bjuss Mariana, amei a entrevista

  2. O RONI EH UM FOFO
    NOSSA EPOCA DE BOX FOI SO PRA DAR RISADAS
    KEM DIRIA Q VC FOSSE BRILHAR TANTO HEIM?!!
    MAS DEUS SABE O Q FAZ E C/ KEM FAZ
    PARABENSSSSSS
    SUCESSO
    BJS

  3. Some todo esse profissionalismo a um bom gosto ímpar, uma pessoa apaixonante e de um astral irradiante, só poderia ter como resultado o sucesso!!!
    É tipo assim… INCRÍVEL!!
    Ahh que prazer tê-lo por perto!! E que venha 2012!! rs

    Amooo
    Beijoss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s